terça-feira, 31 de março de 2015

Creme de Banana Verde - 3 Escolhas.




Receita (I)

Para o Creme 

• 8 bananas-caturra bem verdes 
• 2 colheres (sopa) de óleo 
• Tempero caseiro (alho e sal) a gosto 
• 1 colher (café) de colorau 
• 1 tablete de caldo de carne 
• Pimenta a gosto 

Para o Molho 


• 300 g de carne (patinho) moída 
• 1 tomate picado 
• 1 cebola picada 
• 1 pimentão picado 
• 2 colheres (sopa) de extrato de tomate 
• Pimenta-malagueta a gosto 
• 2 colheres (sopa) de óleo 
• Tempero caseiro a gosto 
• Cheiro-verde a gosto 

Preparo 


1- Descascar as bananas e cortar em rodelas. Em uma panela de pressão, aquecer metade do óleo e refogar as bananas com o tempero. 

2- Cobrir com água e deixar cozinhar por 10 minutos depois que levantar pressão. Bater no liquidificador. Levar ao fogo o restante do óleo e refogar o colorau, o caldo de carne, a pimenta e o creme de banana. 

3- Deixar ferver até ficar encorpado. Reservar. Para o molho, refogar, no óleo, a carne com o colorau. Quando estiver dourada, pôr o restante dos ingredientes. 

4- Quando a cebola e o tomate começarem a derreter, cobrir com água e deixar cozinhar. Servir o creme de banana com o molho de carne por cima e salpicar cheiro-verde. 

Receita (II) 


Molho de tomate com polpa de banana verde. 
Cozinhar em uma panela: - 
1 quilo de tomate - 
3 dentes de alho - 
1 cebola - 
½ alho poro - 
1 maço de manjericão - 
1 maço de cheiro verde - 
1 cenoura 

Preparo 


1- Lave bem a fruta com esponja, água e sabão e depois enxague bem. 
O preparo é simples: corte as pontas de 10 bananas nanicas bem verdes, sem deixar aparecer a polpa. 


2- Coloque a água para ferver em uma panela de pressão: a quantidade de água deve cobrir as bananas. Quando ferver, adicione as bananas à panela para dar um choque térmico. 

3- Tampe e espere pegar pressão. Desligue o fogo e deixe-as cozinhando no vapor por 20 minutos mais ou menos. 
Separe a casca da polpa, e passe imediatamente para o processador ou liquidificador. 

4- Cuidado: a polpa tem que estar bem quente! Para não queimar o liquidificador, coloque 100ml de água a cada 5 bananas. 
Triture até a massa ficar homogênea e, se necessário, adicione mais água para dar cremosidade. 

5- Se não for usar imediatamente, guarde na geladeira por até 5 dias ou congele pelo período de até 3 meses (em vasilhas de vidro). 
Você pode preparar “N” coisas com a biomassa: bolos, pães, sucos e até molho de tomate 

Receita (III) 


1- Banana verde pode substituir leite condensado, creme de leite, leite e maionese para dar liga às receitas 


2- A biomassa de banana verde também é fonte de inúmeras vitaminas, entre elas as do complexo B, que dão energia. 

3- Como não tem gosto, ela pode substituir leite condensado, creme de leite, leite e maionese para dar liga às receitas. 

4- A seguir, aprenda a fazer a mistura, que é sinônimo de saúde. 
Você pode utilizar qualquer tipo de banana, mas é importante que elas cheguem à sua cozinha diretamente do produtor. 


5- As bananas verdes encontradas em supermercados e feiras sofrem um processo de aclimatização para acelerar o processo de amadurecimento. 

Preparo 


1- Lave as bananas com água e sabão. Em seguida, enxague abundantemente.
Encha metade de uma panela de pressão com água e espere ferver.
É importante que a água esteja fervendo no momento em que as bananas forem para a panela, já que o choque térmico faz parte do processo. 


2- As frutas devem ficar submersas. 
Quando começar a ouvir o barulho da pressão, abaixe o fogo e espere oito minutos para desligá-lo.
Não abra a panela antes da hora, pois a pressão deve sair naturalmente.


3- Descasque as bananas enquanto elas estiverem quentes. Isso vai facilitar o processo. 
Bata as bananas no liquidificador. Se for necessário, acrescente um pouco de água para formar uma pasta e está pronto.

4- A biomassa de banana verde dura de três a seis meses no congelador. Na geladeira, o ideal é consumi-la em até três dias.







Reservado




quarta-feira, 25 de março de 2015

Receita Doce de Mamão* 3 Escolhas



🔺Receita (I) 

2 kg de verde picados em cubos médios 
1 e 1/2 kg de açúcar cristal 
1 coco seco grande raspado ou ralado ou 500g de coco seco de pacote 
50 g de canela em pau 
15 cravos da índia 
1 colher de café de cardamomo em pó 
1/2 colher de café de noz moscada em pó 
2 pitadas de sal 
1/2 litro de água (para a calda) 

Preparo 


1- Coloque o mamão para cozinhar em uma panela grande com água o suficiente para cobrir, quando ferver, descarte a água da primeira fervura e coloque outra água,
Deixe cozinhar até começar a ficar macio, escorra descartando a água e reserve.

2- Em uma panela grande ponha ½ kg do açúcar para caramelizar (como para pudim), quando caramelizar, reduza o fogo.
Junte o ½ litro de água fervendo, o restante do açúcar e o mamão reservado, deixe cozinhar em fogo baixo.

3- Adicione todas as especiarias e o coco ralado/raspado e cozinhe até obter uma calda grossa. Sirva gelado. 


Obs. 
1- Use uma gaze ou pedaço de tule para fazer um sachê com o cravo e a canela. Remova o sachê só quando o doce estiver pronto. 
Você pode adicionar gengibre a gosto, conferindo um sabor especial ao doce. 

🔺Receita (II)

2 quilogramas: Mamão formosa 
1 quilograma: Rapadura – Melaço de cana 
1 quilograma: Coco ralado fresco 
1 colher de sopa: Cravo da Índia 

Preparo


1- Lave os mamões ( ligeiramente verdes), descasque-os, abra-os e retire as sementes. Corte em fatias finas ou rale. 
Em uma panela dê uma leve fervida do mamão (se estiverem verdes) para retirar o excesso de leite, escorra em seguida. 

2- Em seguida adicione a rapadura picada e o cravo, mexa até a rapadura dissolver. 
Depois de uns 5 minutos, adicione o coco ralado e deixe em fogo brando, mexendo sempre, até ficar no ponto. Deixe esfriar por algumas horas. Sirva 

🔺Receita (III)


Ingredientes

1 ½ litro de água 
300 g de mamão verde 
1 ½ xícara (chá) de Stevia Culinária 
cravo e canela a gosto 

Preparo

1- Lave o mamão, corte-o ao meio, no sentido do comprido, retire as sementes e corte-o em fatias bem finas (fitas), com um cortador de legumes. 
Enrole as fitas como caracol e vá enfiando numa agulha com linha, formando um “colar”. Faça vários “colares”. 

2- Coloque só um litro de água numa panela e cozinhe os “colares” até ficarem macios. Escorra e reserve. Em outra panela, coloque o restante da água (½ litro), o adoçante, o cravo e a canela para ferver, até formar uma calda rala. 

3- Mergulhe os “colares” de mamão e cozinhe-os até ficarem transparentes e cozidos. Deixe esfriar, retire as linhas e coloque tudo, cuidadosamente, numa compoteira


*Brevidade de Polvilho - 3 Escolhas.



Receita (I) 

500g de polvilho doce 
250 g de açucar refinado 
250 g de açucar cristal 
6 ovos 

Preparo

1- Bata todos os ingredientes ate que formem grandes bolhas . 
Coloque em forminhas de empada untadas com oleo ou manteiga 
Asse em forno medio a 180 graus 


Receita (II) 

460 grammas de açucar 
460 grammas de polvilho 
Doze gemas e seis claras. 


Preparo 


2- Bater as claras e juntar as gemas, açucar, bater, junta-se o polvilho e bate-se bem.
Assar em forminhas untadas com manteiga. Forno 150 graus. 


Receita (III)

• 500 g de açúcar refinado 
• 500 g de fécula de mandioca ou polvilho doce 
• 15 gemas 
• 2 ovos inteiros 


Preparo

1- Colocar todos os ingredientes numa batedeira elétrica e misturar até dar bolha na massa, algo em torno de 20 minutos. 
Se for feito à mão, bater com a colher de pau por aproximadamente meia hora. 

2- Untar forminhas próprias para brevidade com margarina, despejar a massa e pôr para assar em forno moderado por meia hora. 
Rende 30 unidades.

Broa de Fubá com Melado*** 3 Escolhas

 


🔺Receita (I)

• 1 kg de fubá de moinho d’água 
• 500 ml de melado 
• 1 colher (sopa) de bicarbonato de sódio 
• 500 ml de soro de queijo (obtido durante o preparo do queijo) 
• 1 pitada de sal 
• Cravo da índia a gosto 
• 2 colheres (sopa) de banha 
• Óleo para untar 

Preparo 

1- Misturar todos os ingredientes, deixando o soro por último. 
Mexer até que a massa fique homogênea. Untar uma assadeira com óleo e despejar a mistura. 

2- Levar ao forno alto e retirar assim que estiver dourado. 
Receita de Maria Helena Rosa, de Materlândia MG 

🔺Receita (II)

1 xícara (chá) de farinha de trigo 
1/3 xícara (chá) de melado de cana 
1 ovo 
1/2 xícara (chá) de margarina 
1 xícara (chá) de fubá 
1/2 xícara (chá) de leite 
1/2 colher (café) de sal 
1 colher (sopa) de fermento em pó 
Margarina e farinha de trigo para untar 
Açúcar para polvilhar 

Preparo 

1- Em uma tigela, misture a farinha com o melado, o ovo, a margarina, o fubá, o leite e o sal até ficar uma mistura homogênea. 
Acrescente o fermento em pó, peneirando sobre a massa, e misture delicadamente. 

2- Despeje em uma fôrma de 22cm de diâmetro, untada e enfarinhada, e leve ao forno médio, preaquecido, por 40 minutos ou até que ao enfiar um palito, ele saia limpo. 
Polvilhe com açúcar e sirva 

🔺Receita (III)

1 1/2 xícara (chá) de melado de rapadura , mais grosso e frio . 
2 xícaras (chá) de fuba 
1 xícara (chá) de farinha de trigo . 
2 xícaras (chá) de coalhada . 
3 colheres (sopa) de gordura derretida . 
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio 
1 colher (sopa) de pó Royal 
1/2 colher (chá) de sal . 
Erva-doce e acanela a gosto . 
2 ovos 

Preparo 

1- Peneirar o fuba, a farinha, pó Royal, o sal e o bicarbonato . 
Bater os ovos e acrescentar a coalhada, a gordura derretida e o melado . 

2- Despejar a mistura de ovos aos ingredientes secos , misturando bem, acrescentar a canela e a erva-doce 


3- Despejar em forma untada, assar em forno pre-aquecido a 180 graus, use o teste do palito.

Receita Coscorão - 3 Escolhas.



Receita (I)

1 kg de polvilho azedo
1 kg de farinha de trigo
6 ovos
2 litros de leite
1 colher (chá) de sal
Açúcar refinado e canela em pó para finalizar
Óleo para fritar

Preparo

1- Bater os ovos no liquidificador. Pôr o leite e voltar a bater.
Aos poucos, despejar a farinha e o polvilho, misturando até formar um creme grosso.


2- Formar e fritar em oleo quente, escorrer
Passar no açúcar com canela

Receita (II)

• 2 ovos inteiros
• 2 colheres (chá) de óleo
• 1 xícara (chá) de leite
• 1 colher (rasa) de sal
• 1 colher (rasa) de fermento em pó
• 1 colher (chá) de bicarbonato
• 1 copo (200 ml) de água morna
• Farinha de trigo até dar ponto

Preparo

1- Bata os ovos com o óleo e o sal. Dissolva o bicarbonato na água morna e acrescente à mistura. Coloque o fermento em pó, o leite e misture. Aos poucos vá colocando a farinha.

2- Amasse bem até que a massa solte das mãos. Deixe descansar por 15 a 20 minutos. Abra a massa com rolo em triângulos de 5 cm. Frite em óleo quente.
Polvilhe com açúcar e canela. 


3- Como os coscorões ficam ocos, eles podem ser servidos recheados de geléia ou mel. Se preferir, faça pequenos pastéis e recheie com queijo mineiro meia-cura antes de fritar.
25 unidades

Receita (III)

4 xícaras e 1/2 de farinha de trigo
4 ovos
1 colher (sopa) de margarina
3 colheres (sopa) de açúcar
1 pitada de sal
1/2 copo americano de anizete ou licor forte
1/2 copo americano de leite na temperatura ambiente
Óleo para fritálos (use como se fosse fritar pastéis, ou seja bastante)
2 xícaras e 1/2 de açúcar cristal
1 colher (sopa) cheia de canela em pó

Preparo

1- Em um recipiente coloque a farinha de trigo, os ovos inteiros, a margarina sal, açúcar, o anizete e finalizando com o leite
Amasse bem, passe na máquina de macarrão e proceda como se fosse fazer uma massa de lasanha


2- Deve ser de uma espessura semelhante a de lasanha. Recorte em tiras de mais ou menos 7 cm e faça um corte no meio da tira
Pegue uma das pontas e passe no meio do buraco
Proceda assim com todos os coscorão


3-Em uma frigideira coloque bastante óleo e quando este estiver bem quente vá colocando os coscorões até que fiquem dourados
Escorra-os em papel absorvente e coloque-os em uma travessa


4- A seguir polvilhe o açúcar com a canela que deve ser misturados antes de polvilhar

Reservado


Receita Cocada Baiana - 3 Escolhas..



Receita (I) 

1 lata leite condensado 
1 xícara de chá de leite 
1 xícara de chá de açúcar 
200 g de coco ralado 

Preparo 


1- Levar tudo ao fogo. Mexer até soltar do fundo da panela. 
Tirar do fogo, misturar bem e com o auxílio de duas colheres, dar o formato de cocada. 

Receita (II)

2 xícaras (chá) de água 
2 xícaras (chá) de açúcar 
3 1/2 xícaras (chá) de coco fresco ralado 

Preparo


1- Leve ao fogo a água, o açúcar e o coco ralado. 
Mexa sem parar até a água secar e a massa descolar do fundo da panela. 


2- Com uma colher, coloque porções da cocada em cima de um papel manteiga (ou folha de bananeira). 
Espere esfriar. 

Obs. 


1- Se quiser acrescente polpa de maracujá ou manga para fazer cocadas ou simplesmente deixe no fogo um pouco mais para fazer cocadas de coco queimado, acrescentando 1 xícara (chá) de água depois que o coco estiver escuro. 


Receita (III)

Calda Básica para cocada 


- 500g de açúcar; 
- 1 copo americano de água; 
- 1 colher (sopa) de glucose; 
- 1kg de coco fresco ralado; 
- 1 lata de leite condensado. 

Preparo 


- Leve ao fogo o açúcar, a água e a glucose.
- Não mexa até dar ponto de calda grossa.
- Coloque o coco e mexa até a calda secar.
- Junte o leite condensado mexendo até soltar da panela.
- Coloque no mármore e bata até esfriar.
- Se quiser, acrescente algum sabor de sua preferência (por exemplo nozes, abacaxi ou maracujá).

Receita Doce de Leite* 3 Escolhas.



Receita (I) 

2 litros de leite 
4 xícaras de açúcar (750 g) 

Preparo 


1- Coloque o leite e o açúcar em uma panela grande de fundo largo. 
Leve ao fogo médio, mexendo sempre com uma colher de pau, até ferver (cerca de 15 minutos). 

2- Diminua o fogo e continue mexendo até obter um doce marrom claro de consistência cremosa (cerca de 45 minutos). 
Passe o doce para um refratário, deixe esfriar bem e sirva às colheradas em pratos de sobremesa com fatias de queijo branco. 

Obs. 


1- Para obter um doce com textura bem delicada e cremosa, é preciso mexer o leite sem parar. 

Primeiro para dissolver por completo o açúcar e depois para que ele caramelize por igual e não forme grumos no fundo da panela. 

Receita de (31) 3621-2744 

Receita (II)

1 lata de leite condensado (395g) 
1 xícara (chá) de açúcar 
1 xícara (chá) de leite 

Preparo


1- Coloque em uma panela grossa o leite condensado, o açúcar e o leite. 
Leve ao fogo, mexendo sempre, até cozinhar bem, ficar cremoso, engrossar e desgrudar do fundo da panela. 


2- Retire a panela do fogo. 

3- - Mexa rapidamente com uma colher até perder o brilho. 
Unte uma bancada ou assadeira com manteiga. 
Despeje o doce sobre a manteiga e ajeite até formar um quadrado. 
Corte com a faca no formato desejado. O doce ainda estará morno. 
Deixe esfriar e sirva. 

Receita (III) 

-1 litro de LEITE INTEGRAL TIPO A (Quanto mais gordo e fresco for o leite, mais gostoso vai ficar o doce de leite) 
-1 + 1/2 xícara de AÇÚCAR CRISTAL (ou apenas 1 xícara se preferir menos doce) 
-2 colheres de sopa de GLUCOSE (reduz a probabilidade do doce cristalizar enquanto você mexe) 
-1 pitada de SAL 
-1 FAVA DE BAUNILHA (ou extrato no final do preparo) 
-1/4 colher de chá de BICARBONATO DE SÓDIO (previne que a proteína do leite coagule, o que no final resulta em um doce de leite com uma consistência mais cremosa) 

Preparo 

1- Junte todos os ingredientes, menos o bicarbonato, em uma panela grande e alta. Cozinhe em fogo médio/alto, mexendo para que o açúcar se dissolva, até que comece a formar uma espuma leve por cima do leite. Então abaixo o fogo para o mínimo e junte o bicarbonato. 

2- Mexa até que o leite pare de subir. 
Continue cozinhando em fogo bem baixo, mexendo de quando em quando para não grudar. Quando ele já estiver quase na consistência final cozinhe mexendo bastante para que ele reduza mais rapidamente e pegue corpo. 

3- Quando o leite tiver reduzido para quase 1/4, ou estiver na cor desejada e com consistência de doce de leite, retire da panela e reserve em um pote fechado até esfriar.



                  Costelinha com Quiabo



                  🔺Receita (I)

                  2 kg de costelinha de porco já cortada em pedaços médios
                  600 g  de quiabos miúdos  cortado em cubos pequenos
                  400 ml de água
                  Água para amolecer a carne
                  3 colheres de óleo
                  4 dentes de alho
                  1 colher de sal
                  2 cubos de caldo de carne ou de sua preferência
                  1 xícara de salsinha picada
                  1/2 xícara de vinagre
                  Pimenta a gosto

                  Preparo

                  1- Amasse os dentes de alho com sal. Em uma panela de pressão coloque a costelinha, o alho amassado, um pouco de vinagre, o óleo e um pouco de água. 

                  2- Deixe na pressão por 20 minutos, ou até que a carne amoleça. Abra a panela, adicione a água aos poucos até que a carne doure. 

                  3- Retire a costelinha, refogue o quiabo e para não ter baba, adicione o restante do vinagre e tampe por 5 minutos, até que ele frite. 

                  4- Adicione novamente a costelinha, adicione o copo de água e deixe na pressão por mais 15 minutos, para pegar sabor. Abra e salpique a salsinha.

                  Obs
                  Pode substituir a costelinha poe 1 1/2 kg de frango

                  🔺Receita (II) 

                  800 g de costelinha de porco
                  300 g de quiabo
                  4 colheres de sopa de vinagre
                  1 cebola pequena
                  4 pimentas dedo de moça (em conserva caseira) ou 4 colheres de sopa de molho de pimenta vermelha (garrafinha)
                  2 dentes pequenos de alho amassados
                  Sal e pimenta-do-reino a gosto
                  Óleo para fritar (quantidade suficiente para cobrir o fundo de uma panela média/grande)

                  Preparo

                  1- Tempere a costelinha com sal, pimenta-do-reino e os dentes de alho amassados
                  Em uma panela média frite a costelinha até dourar, retire a carne e reserve

                  2- Corte os quiabos em 2 ou 3 partes, retire os talos, em seguida coloque-os em uma vasilha e adicione o vinagre, evitando assim o excesso de baba, deixe descansar por 10 minutos

                  3- Feito este processo frite o quiabo na gordura que ficou na panela após a fritura da costelinha
                  Quando estiverem macios e soltando as sementes, adicione a cebola cortada em 4 e a pimenta dedo-de-moça picada em rodelas fininhas

                  4- Se estiver em conserva, acrescente 2 colheres do caldo
                  Devolva as costelinhas para a panela e refogue a mistura, até que o aroma esteja homogêneo

                  5- Caso não tenha as pimentas dedo-de-moça em conserva caseira, adicione 4 colheres de sopa de pimenta vermelha de garrafinha (condimento preparado fácil de achar no supermercado)

                  6- Coloque o refogado em uma travessa e sirva com arroz e ovos fritos para acompanhar

                  🔺Receita (III)

                  2 kg de costelinha suína
                  4 dentes de alho amassados
                  Sal e pimenta-do-reino a gosto
                  ¼ xícara (chá) de óleo
                  800 g de quiabo cortado em rodelas

                  Preparo

                  1- Numa panela, coloque a costelinha, o alho, 2 xícaras de água, sal e pimenta. Cozinhe por cerca de uma hora, em fogo baixo, com a panela tampada, até a carne ficar macia.

                  2- Quando a água secar, doure bem os pedaços da costelinha de todos os lados. Retire e reserve.

                  3- Na mesma panela, coloque o óleo e o quiabo e refogue até ficar macio. Salgue e pingue umas gotinhas de limão. Junte a carne, uma xícara (chá) de água, tampe e cozinhe por 4 minutos.

                  4- Espalhe rusticamente a polenta sobre uma tábua, distribua a carne com quiabo por cima e sirva quente



                  Receita de Rabada - 3 Escolhas.



                  Receita (I)

                  2 kg de rabada fresca 
                  Sal a gosto 
                  Cebola e alho 
                  Pimenta-do-reino a gosto 
                  Cheiro verde 
                  3 colheres de molho de tomate 
                  4 colheres de sopa azeite 

                  Preparo 

                  1- Lave a rabada com vinagre e depois tempere com sal, pimenta do reino e cheiro verde. 
                  Em uma panela de pressão de 7 litros, junte o azeite, a cebola picada e o alho. Quando estiver dourado, jogue a rabada e mexa para agregar o tempero. 

                  2- Adicione água até que cubra a rabada, tampe e deixe cozinhando após pegar pressão, por 30 minutos. 
                  Quando a rabada estiver macia, despeje o molho de tomate, verifique o sal e a pimenta, ferva por mais 5 minutos e desligue. 

                  3- Deixe esfriar um pouco, até que todo o óleo suba e retire o que ficar por cima, deixando o prato mais suave e saudável. 

                  Receita (II) - No Arroz 


                  2 xicaras de arroz 
                  4 xicaras de agua 
                  Sal a gosto; 
                  2 dentes de alho; 
                  Azeite a gosto; 
                  2 quilos de rabada; 
                  1/2 quilo de cebola; 
                  Tomilho a gosto; 
                  Alecrim a gosto; 
                  100 gramas de manteiga; 
                  100 mililitros de shoyo; 
                  3 folhas de louro; 
                  1 maço de agrião. 

                  Preparo 


                  1- Deixar a rabada limpa e cortada de molho em shoyo, água, tomilho, alecrim e louro por quatro horas;
                  Refogar o alho e a cebola no azeite até dourar, já na panela de pressão;

                  2- Adicionar a rabada até dourar e na sequência acrescentar o líquido da marinada; Fechar a panela de pressão e deixar por cerca de 40 minutos;
                  Após esfriar, desfiar a rabada e reservar a carne e o caldo;
                  Usar os ossos da rabada para cozinhar no arroz

                  3- Deixar o caldo que saiu da rabada cozida na geladeira;
                  Ao gelar, retirar a capa de gordura que fica por cima;
                  Voltar o caldo para o fogo e deixar reduzir por uma hora;


                  4- Lavar e cortar os agriões e refogar em 100 gramas de cebola picada e 2 colheres de azeite. Cozinhar o arroz em água e sal com os ossos da rabada, descartar os ossos 
                  Acrescentar a rabada desfiada no arroz cozido e cobrir com o refogado de agriao 

                  Receita (III) 


                  2 kg de rabada fresca
                  Sal a gosto
                  Cebola e alho
                  Pimenta - do - reino a gosto
                  Cheiro verde
                  3 colheres de molho de tomate
                  4 colheres de sopa azeite 


                  Preparo

                  1- Lave a rabada com vinagre 
                  Tempere com sal, pimenta - do - reino e cheiro verde 
                  Numa panela de pressão de 7 litros, junte o azeite 
                  Depois, acrescente a cebola picada e o alho 

                  2- Quando estiver dourado, jogue a rabada e mexa para agregar o tempero 
                  Adicione água até que cubra a rabada, tampe e deixe cozinhando, após pegar pressão por 30 minutos 

                  3- Em seguida, quando a rabada estiver mole, despeje o molho de tomate, verifique o sal e a pimenta 
                  Deixe ferver mais um pouco e desligue 


                  4- Deixe esfriar um pouco até que o óleo suba todo 
                  Com uma concha retire todo o óleo que fica por cima, deixando o prato mais suave




                  Receita Feijão Tropeiro - 3 escolhas.



                  Receita (I)

                  500g de feijão carioquinha cozido
                  200g de toucinho
                  1 concha de óleo
                  1 cebola média picada
                  4 dentes de alho
                  5 ovos
                  1 colher de sopa de sal com alho
                  Cheiro verde a gosto
                  200g de farinha de mandioca

                  Preparo

                  1- Coloque o óleo em uma panela, adicione o bacon e frite bem. Acrescente a cebola e deixe dourar. 

                  2- Adicione alho, sal e os ovos, misturando com cuidado para que não se despedacem muito. 
                  Refogue o feijão, baixe o fogo, misture a farinha aos poucos e o cheiro verde.

                  Receita (II)

                  1 kg de feijão vermelho
                  1 pacote de farinha de milho
                  500 g de lingüiça tipo calabresa defumada, da fina
                  500 g de lingüiça comum de porco
                  150 g de bacon
                  3 xícaras de farinha de mandioca crua, não da torrada
                  1 cabeça grande de alho socado com 1 colher de sopa de sal
                  150 g de bife de pernil picado em forma de isca (tirinhas)
                  1 dúzia de ovos se for caipira melhor
                  2 cabeças médias de cebola da roxa
                  1 pimenta pequena malagueta
                  10 folhas de couve manteiga
                  Cebolinha e salsinha a gosto
                  Sal, e Pimenta-do-reino
                  Colorau a gosto
                  1/2 copo de azeite virgem de oliva
                  1/2 copo de óleo de soja livre de colesterol
                  1/2 litro mais ou menos de caldo do feijão cozido

                  Preparo

                  1- Limpe e coloque o feijão em 1,5 litros de água quente e deixe de molho por 30 minutos
                  Enquanto isso, pique as linguiças, tentando esfarelar ao máximo, ou seja coloque-as em uma tábua de carne e comece rachando-as no meio

                  2- Depois picando o bacon ao contrário na horizontal, como o bife, em forma de iscas
                  Depois coloque as tirinhas lado a lado e pique ao contrário na horizontal
                  Pique as cebolas e depois o torresmo pré-frito bem pequeno

                  3- Pique a couve bem fininha na horizontal, depois na vertical e reserve elas junto com as cebolas
                  Cozinhe 1/2 dúzia de ovos e reserve-os em água fria para facilitar descascar

                  4- Cozinhe o feijão por uns 40 minutos escorra e reserve o seu caldo
                  Coloque todas as carnes com o 1/2 copo de óleo e frite até torrar
                  Escorra o excesso de gordura e coloque o azeite e o alho com a cebola, a pimenta malagueta amassada, uma pitada de pimenta-do-reino e o colorau

                  5- Deixe fritar até a cebola refogar, coloque o feijão e mexa
                  Se precisar coloque mais óleo até o feijão ficar bem solto
                  Coloque então a couve e a salsinha e a cebolinha

                  6- Mexa bem, coloque primeiro a farinha de milho
                  Vá mexendo e colocando o caldo do feijão, coloque então a farinha de mandioca

                  6- Em seguida os ovos cozidos picados, frite os torresminhos em óleo bem quente até pipocar, e coloque por último, experimente
                  Se precisar coloque mais 1/2 colher de sopa de sal, se preferir o tropeiro mais molhadinho
                  .
                  7- Coloque mais caldo de feijão, sirva com ovo frito caipira com a gema mole, se preferir pode ser servido com arroz um pouco empaçocado ao refogá-lo tipo arroz japonês

                  Receita (III)

                  3 xícaras,de chá, de feijão cozido, mas não demais.
                  5 colheres ,de sopa) de óleo
                  1 colher,de sopa, de cebolinha picadinha
                  10 galinhos de salsinha
                  azeitonas sem caroços
                  1 colher, de sopa, de sal temperado ou sal comum com seu tempero a gosto se preferir
                  3 xicaras de farinha de mandioca
                  4 ovos cozidos ou estrelados
                  1 xícara de bacon picado
                  1 cebola em rodelas
                  Linguiça ,defumada cozida e depois frita em pedaços grandes para decorar.

                  Preparo

                  1- Depois de cozido, coe o feijão numa peneira para retirar o caldo.
                  Esquente numa frigideira o óleo e acrescente a cebola, o bacon e o tempero, 
                  Quando estiver bem quente,( não deixe queimar) adicione o feijão, dando uma boa misturada, coloque a farinha de mandioca aos poucos, mexendo sempre.

                  2- Deve ficar meio molhadinho.
                  De uma fritada rapida na linguiça e ao colocar o feijão na travessa, decore com os ovos cozidos ou estrelados, a linguiça, a cebola em rodelas, as azeitonas e galhinhos de salsa.